Saiba a diferença entre POP3 e Imap na prática

Quem costuma concentrar o recebimento de e-mails em um só cliente (como o Outlook, por exemplo) ou mesmo utiliza o redirecionamento automático para uma só conta, já deve estar familiarizado com as siglas POP3 (Post Office Protocol) e Imap (Internet Messaged Access Protocol). Mas você realmente sabe a diferença na prática entre um tipo e outro? Bem, basicamente, o Imap é uma via de comunicação dupla, enquanto o POP3 é uma via de comunicação única.

Confuso? É mais fácil explicar utilizando exemplos. Vamos supor que você tenha acabado de ler uma mensagem no Outlook e ela ficou marcada como lida no programa. Se você utiliza um servidor Imap, automaticamente, a informação de que tal e-mail foi lido é passada ao provedor de e-mail, que a marcará como lida na sua caixa de entrada online. No entanto, caso você tenha configurado um servidor POP3, a mensagem não será marcada como lida na sua caixa de entrada online. Isso porque o Imap avisa o provedor de e-mail que a mensagem foi lida, enquanto o POP3 apenas encaminha a mensagem ao cliente de e-mail.

Mas, afinal, qual dos dois é o melhor? É uma pergunta difícil de responder. Mas o Imap parece ser mais adequado a quem costuma sincronizar seus e-mails de máquinas diferentes o tempo todo. Caso você use apenas um computador para ler e-mails e prefere que suas mensagens sejam baixadas e disponibilizadas offline, o POP3 é o mais indicado.

 

Texto anterior

Próximo texto