Veja como fazer um site gratuito (ou quase)

As pessoas sem muita experiência em construção de sites e blogs com domínio próprio devem ficar perdidas ao executar uma busca na internet do tipo “como fazer um site gratuito”. Os resultados são contraditórios e muitas vezes pouco esclarecedores (a maioria, inclusive, é de propagandas de ferramentas de criação de websites). Uns dizem que é perfeitamente possível conseguir seu pedacinho de terra na internet, outros discordam e garantem que é necessário gastar seu precioso dinheirinho para ter sua página online. Afinal, é realmente possível criar um site de maneira totalmente gratuita? A resposta é sim e não.

Isso porque, caso precise apenas de um espaço na internet para a publicação de textos, fotos, vídeos e afins, os serviços de Weblog, mais conhecidos como blogs, com destaque para o WordPress e o Blogspot, podem ser criados de maneira totalmente gratuita e com alguma capacidade de customização. O detalhe é que seu site ficará alojado nos subdomínios de cada plataforma. Por exemplo, a URL (endereço da página) ficaria nomedoseusite.wordpress.com ou nomedoseusite.blogspot.com.

Caso queira um endereço próprio, como é o caso deste site (primeiroacesso.com.br), é necessário adquirir um domínio e pagar uma pequena anuidade por isso, além de contratar um servidor de hospedagem para manter seu site no ar, serviços que, somados, devem totalizar algo em torno de R$ 130 por ano. Existem empresas que fornecem domínios grátis, mas a qualidade dos serviços e a própria lisura de algumas dessas companhias são questionáveis. Por isso, não abordaremos essa modalidade neste artigo. Abaixo, confira os prós e contras dos diferentes serviços de construção de sites e não hesite em deixar suas dúvidas no campo de comentários.

Criar um website gratuito em plataformas de blog (Blogger e WordPress)

Nesta modalidade, é necessário apenas se cadastrar no serviço desejado para criar seu website grátis. Confira as vantagens e desvantagens.

Vantagens

  • Totalmente gratuito
  • Fácil de configurar, seu site é criado em poucos minutos
  • Não é necessário se preocupar com backups, atualizações, problemas de segurança ou panes técnicas e de servidores
  • Temas e skins prontos para uso, sendo possível montar todo o visual do blog de maneira simples
  • Não é requerido conhecimento técnico

Desvantagens

  • Sua URL (endereço do site) ficará alojada em um subdomínio das plataformas. Exemplo: nomedoseusite.wordpress.com ou nomedoseusite.blogspot.com
  • Número de temas e skins bastante reduzido
  • Capacidade de customização bem limitada em comparação às plataformas CMS
  • Você não é o “dono” de fato do seu site. Por estar alojado em uma plataforma de terceiros, você tem de respeitar todas as regras e políticas impostas, podendo até mesmo ter seu site fechado caso não as respeite
  • Se for um site para sua empresa, hospedar a página em um subdomínio passa a impressão de amadorismo

Vale lembrar que Blogspot e WordPress são serviços distintos e cada um tem suas peculiaridades, vantagens e desvantagens próprias. Além disso, há dois tipos de modalidade no WordPress: a wordpress.com, hospedada em subdomínios e que é ideal para blogs mais simples, e a wordpress.org, um CMS completo e formulado para ser instalado em domínio próprio. Ambos são gratuitos, mas, no caso do CMS, é necessário ter um domínio e contratar hospedagem. Para entender melhor como funcionam esses serviços, leia o artigo Como criar um blog grátis.

Fazer um site gratuito por meio de sistemas de gerenciamento de conteúdo – CMS (WordPress, Joomla, Drupal)

Os sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS) são possivelmente o caminho mais utilizado por donos de sites no mundo inteiro. As plataformas são flexíveis, robustas e, em sua maioria, open source, ou seja, são gratuitas e possuem uma extensa comunidade de usuários mais experientes que podem te ajudar a criar e configurar seu site da maneira que desejar.

Vantagens

  • Ampla possibilidade de customização, sendo possível criar quase todo o tipo de site, desde um simples blog até um complexo site de notícias
  • Um domínio próprio passa uma imagem muito mais séria e profissional em comparação aos subdomínios
  • Liberdade total para a criação de conteúdo
  • Possibilidade de se trabalhar com recursos mais avançados, através da instalação de plugins desenvolvidos para cada função desejada (exemplo: exibição de anúncios, compressão de imagens, formulários de contato, contadores de redes sociais e muito mais)

Desvantagens

  • Requer um conhecimento técnico maior para a criação do site
  • Você é responsável pela manutenção, contratação de servidores de hospedagem, compra e renovação de domínios
  • É necessário pagar para manter seu site no ar. Um domínio .com.br custa cerca de R$ 30 por ano. Um bom serviço de hospedagem custa a partir de R$ 100 ao ano

Criar websites gratuitos através de construtores de sites

Além das plataformas de blogs e os sistemas de gerenciamento de conteúdo, existem os construtores de sites, que se baseiam em templates (páginas pré-desenhadas) customizáveis. A maioria deles é gratuita nas versões alojadas em subdomínio e paga em domínio próprio.

Vantagens

  • Fácil de usar e configurar
  • Não necessita conhecimentos técnicos
  • Ideal para sites que não recebem atualizações frequentes
  • Alguns serviços têm um visual muito bem trabalhado e profissional

Desvantagens

  • Não tem a mesma robustez e flexibilidade de um CMS
  • Contraproducente para sites que recebem atualizações frequentes
  • Caso queira mudar de servidor de hospedagem ou de serviço de site builder, terá de recomeçar todo o trabalho (nos CMS, você pode trocar de hospedagem simplesmente salvando e subindo os arquivos para seu novo servidor)

Mas afinal qual é a melhor maneira de criar seu site gratuito?

Tudo depende da sua utilização. Se sua meta for apenas publicar textos e fotos para compartilhar com amigos e conhecidos, as plataformas gratuitas de blogs estão de bom tamanho. Caso queira criar um website para sua empresa, dê uma olhada nos construtores de sites com domínio próprio. Eles são um pouco mais trabalhosos para se atualizar, mas são ótimos para a construção de páginas estáticas. Agora, se você pretende criar um website com atualizações constantes e que possa, de alguma maneira, alcançar uma audiência maior na internet, vá de CMS. As plataformas são mais robustas, customizáveis e há suporte de qualidade para a maioria dos sistemas. Você terá de pagar hospedagem e domínio, mas esse dinheiro pode ser facilmente recuperado com a exibição de anúncios Pay per click ou de afiliados em suas páginas.

Texto anterior

Próximo texto